Nova pagina 1

Principal
  Principal
  O que é Geofísica?
  Áreas de Concentração
  Docentes
  Discentes
  Teses e Dissertações
     em andamento
  Teses e Dissertações
    concluídas
  Projetos de Pesquisa
  SPGf
  Convênios e
     colaborações
  Seleção
Documentos
  Consultas
  Link's
  Contatos
Nova pagina 2
 

 

                          MÉTODOS ELÉTRICOS E ELETROMAGNÉTICOS
Os métodos elétricos e eletromagnéticos são utilizados pelos geofísicos quando desejam investigar variações nas propriedades eletromagnéticas dos materiais que se encontram abaixo da superfície terrestre. Essas variações podem ser causadas por corpos geológicos que ocorrem naturalmente abaixo da superfície (por exemplo, mineralizações e camadas aqüíferas), como também por materiais introduzidos pelo homem na subsuperfície (poluentes, dutos metálicos ou plásticos e artefatos arqueológicos, entre outros).
As propriedades eletromagnéticas associadas às variações procuradas com esses métodos são: a resistividade elétrica, a permissividade elétrica e a permeabilidade magnética. Dessas propriedades, a resistividade é quase sempre a que mais contribui para essas variações. A permissividade torna-se importante sob condições especiais de aplicação dos métodos, enquanto a permeabilidade contribui sempre que há grande concentração de material magnético no meio.
Do ponto de vista físico, o fenômeno que se processa durante a aplicação desses métodos é eletromagnético, pois sempre há campos elétricos e magnéticos envolvidos. Na prática, entretanto, convencionou-se denominar de métodos elétricos àqueles que empregam correntes elétricas cujas amplitudes não variam com o passar do tempo (correntes contínuas), e métodos eletromagnéticos aos métodos que empregam correntes que apresentam amplitude variando com o passar do tempo, oscilando a uma determinada freqüência (correntes alternadas). Dentre os elétricos destacam-se o Método da Eletrorresistividade, o Método da Polarização Induzida e o Método do Potencial Espontâneo. Entre os eletromagnéticos tem-se o Método Slingram, o Método VLF, o Método Magnetotelúrico, o Método do Radar e muitos outros.
Com todos esses métodos medem-se voltagens associadas à passagem de correntes elétricas que fluem na subsuperfície. Essas correntes podem ser geradas artificialmente a partir de baterias ou geradores ou através de fenômenos naturais. Com os métodos elétricos é necessário contato direto com o solo para a tomada das medidas, enquanto os métodos eletromagnéticos geralmente não necessitam que se faça qualquer contato com o solo, sendo as voltagens medidas usando o fenômeno físico da indução.
Os métodos elétricos e eletromagnéticos são os métodos geofísicos mais utilizados para encontrar água subterrânea para uso humano e resolver diversos tipos de problemas ambientais e, ainda, para procurar artefatos arqueológicos e pistas crim

 

Site Desenvolvido por Nome da Empresa

Site Desenvolvido por Technology